Maria Fernanda

“Como os oceanos tinham níveis muito baixos de água, era possível caminhar do sul da Inglaterra até a França, e continuar andando. Se não fosse impedido por outros humanos, até chegar a Java”. (livro: Uma breve história do mundo). Então fico imaginando como há coisas a aprender na geografia de nossa história. Esse é um planeta que ainda retém riquezas que não se pode avaliar. Cada leitura vem repleta de abastanças... Repensar na crueldade do homem com tudo isso é o caos. Cada um fazendo a sua parte era utopia demais, e o quadro ficou exposto sem cuidado e a paisagem começa a borrar nas laterais, meio e... Fim? Eu suponho que até os primórdios já viviam a saga. Caminho em alerta. Descrever a fundo teria que exigir experiência. Tornasse nômade por descobertas. Amo o planeta, isso eu bem sei dizer. E cada dia vale o investimento porque pouco oferecimento não me move. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

quinta-feira, 6 de abril de 2017

✿ Helena✿


(Esse texto foi feito por mim numa quarta-feira, 25 de abril de 2012
Conta um pouco de mim e minha história.)

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

Mãe, hoje conheci alguém que lembrou a mim, quando tinha sua idade. Uma menina corajosa, ela se chama Liana. Ela estava sentada no meio-fio de uma escola, cabeça baixa e pé descalço. Eu ia passar, mas quando a vi, decidi ficar parada num cantinho observando. Ela levou as mãos para o rosto, enxugou as lágrimas e depois coçou os dois olhinhos, levantou e se aproximou de uma senhora que segurou a bolsa assim que a garota falou com ela.

Num sinal negativo continuou caminhando, a menina novamente sentou.
Caminhei até ela e lhe dei boa tarde. Ela ficou me olhando e depois sorriu timidamente. Afaguei sua cabeça e perguntei o que uma mocinha tão bonita fazia ali, sentada no meio da rua.

Ela me disse estar com fome. Perguntei se ela queria um sanduíche bem recheado, e os olhos e a boca sorriram diante da proposta. Fomos até a lanchonete à frente, e logo ela saboreava o lanche, com gosto. Ela é catadora de lixo, e estava esperando a avó que fora buscar algumas garrafas de pet numa residência. Estava sem café da manhã e almoço.
Fiquei refletindo enquanto a olhava, e lembrei de mim lá atrás quando vivia nas ruas.

Liana me disse o seu nome e perguntou o meu, achou meu nome muito bonito e nós duas ficamos ali uma elogiando a outra rsrsr. Cada elogio meu, ela vinha com outro em seguida para mim, que gracinha. Deixei-a com sua avó que chegara, e fui para o ponto de ônibus.

Sabe mãe? Como será que você é? Será que usa óculos, ou o cabelo preso? Será que gosta de flores, ou de banhos na chuva? Eu sonhei tanto com você... Eu acho que quando penso em ti, você sente. Quando eu era menor, eu me abraçava e imaginava os seus braços em volta de mim, eu sentia você me abraçar e dizer: “filha eu sinto muito”.

Mas a chuva caia e o sol brilhava, a noite chegava e o dia nascia. Céu e mar se uniam para acalentar um coraçãozinho ferido. Aquela menina continuava sozinha a cuidar de si.

Eu fiz uma lata de skol de boneca, ela era a minha filhinha, eu a carregava para a beira do mar, para lhe contar contos que eu quis ouvir, e fazê-la dormir. Batizei-lhe de Helena o nome que é teu. Helena dormia em meu colo, para abrigá-la do frio imaginava uma menina feliz em meus braços e protegida.

Dava a ela o que eu queria ter. As noites eram longas na maioria das vezes. Numa noite um menino chutou Helena para dentro do mar, enquanto eu procurava um papelão para fazer de cama para nós. Eu não consegui tirá-la de lá, porque ele a havia enchido de areia molhada antes de fazer seu procedimento.

Naquela noite eu muito chorei, parecia que o mundo estava desabado por dentro de mim, me senti sozinha, cansada, jogada, um lixo. Mas um senhor que estava assando um peixe numa barraca, me ofereceu um pouco, e se importou com minhas lágrimas. A ele eu contei sobre Helena e o que o menino fizera.

Ele me disse que: o céu durante o dia é azul, mas muitas vezes ele muda de cor, as nuvens guardam vários desenhos, basta olhar e admirar. E Deus, aquele que sabe todas as coisas, um dia iria me mandar a mais linda boneca, e eu iria saber amar e cuidar com meu coração.

Eu lhe respondi, mas vai demorar? Ele disse: no tempo certo. Nunca ganhei a tal boneca, mas me alegrava em lembrar suas palavras.
Fui crescendo e muitas coisas aconteceram, algumas tristes, outras alegres, mas com elas fui aprendendo a viver dentro do amor. Vejo-me uma pessoa bem simples, mas carrego comigo a confiança, fé, coragem, e igualdade.

Logo estará chegando o dia das mães, eu já tenho uma maravilhosa mamãe sabe? Mas não poderia deixar de escrever também para você. Sou muito grata por ter permitido que eu nascesse, abaixo de Deus, e não ter me jogado em um bueiro e nem na lixeira.

Pelas conversas que tivemos, mesmo que dentro da minha imaginação, elas me ajudaram muito. Eu me aqueci dentro delas com paciência, e era a filha desejada para ti. Também eu podia voltar para casa, sonhar era mais fácil e eu sonhei e sonhei...

Saiba: Deus e você sempre foram o abastecimento para me fazer seguir à diante. Meu coração vivia lançado ao amor em cada segundo. E a tristeza passava quando eu via uma criança sendo afagada, eu pensava que eu também podia sentir aquela honra, mesmo não sendo em mim.

Mãe, um dia eu esqueci o meu nome, porque passei muita fome e fiquei doente. O médico disse que estava em estado de choque. Mas a memória não falhou quando eu ouvi a palavra mágica “filha”. É que eu queria tanto ser filha. Eu te esperei, te procurei... No orfanato, você não voltou, nem no “meu” banco de praça você não sentou, e na minha porta você não bateu. Mas não se preocupe, há alguns sonhos que não se realizam, e esse eu apenas aprendi a sonhar, sabia que seria impossível realizar.

Neste momento olho para o céu e peço para que cuide e proteja você. Minha mãe Cris sempre ora por ti também, ela é doce e terna, e ama muito a Deus. Desculpa mãe se às vezes eu sinto que você está triste e que lembra de mim, sinto muito por não termos ficado juntas. Mas eu sempre vou ser parte de você e você de mim. Pacientemente eu vou continuar te amando. Te amo muito mamãe.

Queria te dizer também que abriguei dentro do meu coração um moço lindo. A essência de um menino, num coração de um homem. Só o amor é capaz de dividir-se assim. Felipe vem se distendendo por mim e eu sei disso. Ele meu príncipe, caminha agora comigo na mesma estrada, é um presente dos céus, é amor eterno.
Meu amor, obrigada por cuidar de mim tão bem!
Mãe até um dia.

M. Fernanda
Imagem: Net
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


PS: desculpa a demora nas visitas gente
ando atarefada com mestrado entre outras.😊

22 comentários:

  1. Maravilhoso, profundo e tocante o seu texto, Fernanda.
    Estou extremamente emocionada!
    Você é uma pessoa admirável, um ser muito especial! Parabéns !!
    Um beijo e meu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga,
      Sinto-me muito agradecida por ter tido a chance de viver e amar.
      Somos filhos especiais
      do nosso generoso Pai do céu.
      Ele nos ensinou a amar sem distinçãotenha uma semana santa ch ia de amor e paz!

      Beijo 🙏🏻

      Excluir
  2. Emocionante, tão lindo,Nanda!Adorei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Fernanda, tu és especial, iluminada; um ser acima da média. Quando ouço dizer que o mundo está irremediavelmente perdido, porque está cheio de maldade, discordo. Realmente, a humanidade está passando por uma grande turbulência, entretanto, graças a pessoas iguais a você, o mal não triunfará.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dilmar meu amigo 😊
      Emocionada por aqui 😊
      Muito obrigada🙏🏻

      Excluir
  4. Maria Fernanda, lendo o teu texto tão emocionante, me senti profundamente triste, imaginando todas estas situações...mas ao mesmo tempo, percebo que tudo te ajudou a se tornar mais forte e sábia, pois em teu livre arbítrio, optaste por não endurecer o coração, por perdoar, por tentar compreender as fraquezas alheias e a não se revoltar contra a vida.
    Uma lição de vida e coragem.
    Um grande e carinhoso abraço!
    Bíndi e Ghost - Esquina dos Versos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é uma escola...
      Precisamos compreender que somos humanos né?
      Obrigada fiquei muito feliz 😊

      Excluir
  5. Uf... emociona e muito! Fernanda, li duas vezes teu texto para me certificar do que estava lendo, era aquilo mesmo... Lindo texto sobre o ponto de vista emocional, de luta, de humano. Não digo nada, querida, só te dou um abraço muito emocionado, está difícil de continuar...Esse ser humano é que vale a pena.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Taís,
      no dia que escrevi esse texto estava recordando que nada na vida vem por acaso. E que o AMOR é quem comanda todas as coisas, Ele veio nos ensinar somente a amar.
      Agradeço pelo carinho.

      Excluir
  6. Comovente, Fernanda, este texto. Não só porque é difícil tudo o que se relaciona com a falta de uma mãe, mas pelo abandono, que é tão triste quanto chocante...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A falta de uma mãe Graça é muito dorida. No entanto eu tive todas as mães que via dar carinho aos filhotes. Ficava feliz com isso e me supria de certa forma. Sempre imaginei que havia tido um motivo para o ato e então continuei caminhando e agradecendo por tudo.
      Acho que a parte do abandono eu não senti tanto, eu tinha um Deus maravilhoso olhando por mim, um céu cheio de estrelas nas noites e o barulho das ondas do mar.
      Fui e sou muito feliz.

      Obrigada amiga.
      Beijo

      Excluir
  7. Lindo e ao mesmo triste, mas podemos tirar lições assim com vc fez pra ser o que é hoje, parabéns! Fiquei emocionada e imaginando tudo descrito. Bjs e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Patrícia, grandes e valiosas lições.
      Tudo é amor minha linda!
      Obrigada pela visita.
      Beijo

      Excluir
  8. Oi, Fê!

    A linha entre a realidade e ficção é tênue, quase não consigo pegar... E não há problema! Porque ficou tão lindo, tão doce e transmite justamente o que você é: um ser raro e amável!

    Beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo minha linda menina.
      Mas esse texto só há realidade.
      Aqui:
      http://linguagem-miuda.blogspot.com.br/
      Há história da Fernandinha em pequenos goles.
      Obrigada pelo carinho.
      Beijinho querida.

      Excluir
  9. Lindo, triste e comovente... Lágerimas desceram dos meus olhos. Apesar de tudo você é uma pessoa muito especial e muito iluminada. Que as mais lindas pétalas do Amor Divino desçam sempre sobre você. Fernanda,que a sua semana seja plenamentre abençoada.
    Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa Élys muito obrigada!
      Mas todos somos especiais sabe?
      Cada um trás sua história e ela sempre cresce em algo. Estamos aqui para aprender a viver e cuidar dessa vida com nossas escolhas.
      Eu digo assim seja para sua linda oração do Amor Divino.

      Um beijo amigo

      Excluir
  10. Olá, ao ler o texto fiquei emocionado mas também fiquei feliz por ser uma vencedora, parabéns, é um exemplo.
    Votos de Páscoa repleta de alegria! Feliz Páscoa!
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é um ser humano incrível amigo.
      Te agradeço pelas palavras lindas aqui.
      Uma semana Santa de paz e amor para si.

      Abraço.

      Excluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho